24 de fev de 2010

10 MOTIVOS PARA AMAR O BAIRRO DA BELA VISTA


Conhecida como reduto italiano (embora não seja bem assim hoje em dia) da cidade, a Bela Vista/Cerqueira César é um dos mais tradicionais bairros de São Paulo. Ela é tanto um bairro residencial como um importante pólo de cultura, compras e lazer. Entre suas principais atrações estão a feira de antiguidades do Bexiga, a quadra da escola de samba Vai-Vai, a festa de Nossa Senhora de Achiropita e o já tradicional Teatro Abril.
Quem conhece a Bela Vista sabe como ela é especial (ainda mais por que fica encravada entre o Centro e a Paulista). Quem por ela se apaixona, não tem mais vontade de sair de lá.
Eu conheço a Bela Vista desde meados dos anos 80, quando costumava visitar uma amiga muito querida na rua Jaceguai e, juntos, íamos ao cine Paramount. De lá para cá, tenho ido com frequência na região e, na condição de bom conhecedor do pedaço (e dessa maluca e adorável city chamada São Paulo), posso elaborar uma lista dos mil motivos para amá-lo. Mas, como a lista ficaria um tanto grande, resolvi enumerar 10 motivos para amar a Bela Vista.

TEM A FEIRA DE ANTIGUIDADES DO BEXIGA – Montada na Praça Dom Orione com 13 de Maio, a feira de artes e antiguidades do Bexiga é bem mais do que uma feirinha. É uma das mais charmosas e atraentes atrações da Bela Vista. Ela não se resume às barracas de objetos e roupas antigas. A feira do Bexiga é cercada de lojas de antiguidades e cantinas. Mesmo que não pretenda comprar um castiçal art nouveau, vale fazer uma visita. A feira de antiguidades do Bexiga funciona aos domingos.

É ENDEREÇO DO TEATRO ABRIL – Localizado na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, o Abril é um dos mais populares teatros de São Paulo. Recebe milhares de visitantes por ano. E não sem motivos. O Abril costuma apresentar peças famosas da Broadway - obras do porte de Miss Saigon, A Bela e a Fera, Os Miseráveis, O Fantasma da Ópera e Cats, a mais nova produção em cartaz.

TEM TEATRO OFICINA, TBC… - Pode-se dizer com toda certeza que a Bela Vista é a Broadway brasileira. Além do famoso teatro Abril, ela é endereço de mais de uma dezena de casas de espetáculos, entre elas o teatro Raul Cortez, o Brigadeiro, Rute Escobar, Maria Della Costa, Imprensa, Sérgio Cardoso, Ágora e os lendário Oficina e TBC. O interessante é que a Praça Roosevelt, endereço do teatro alternativo paulistano, não fica muito longe da Brigadeiro Luís Antônio e do núcleo teatral de São Paulo.

TEM O SHOPPING FREI CANECA – O Frei Caneca não é o mais bonito, nem o maior e nem o que oferece o melhor mix de lojas entre os shoppings de São Paulo. Ele está a milhas de distância do Morumbi, considerado o melhor dos melhores da cidade. Mas é simpático e totalmente alternativo. Possui uma imensa e diversificada praça de alimentação, além de um bom número de salas de cinema do complexo Unibanco Arteplex. Quer mais? O Teatro Frei Caneca - uma das poucas salas de teatro em shoppings de São Paulo – e o centro de convenções do mesmo nome.
(Você deve estar perguntando o porquê do “alternativo” que usado no texto e eu respondo: uma boa parte dos frequentadores é moderna, liberal e totalmente “prafrentex”. O público é uma atração à parte.)



É VIZINHA DO SHOPPING PÁTIO PAULISTA – Situado no início da avenida Paulista com 13 de Maio, o shopping não fica exatamente na Bela Vista. Mas o acesso é fácil e rápido - seja de carro, ônibus ou mesmo a pé. Além de cinemas (com uma ótima sala 3D), o shopping conta com praça de alimentação e um sofisticado mix de lojas. As lojas de grifes internacionais são o ponto forte do shopping.

O CEMITÉRIO DA CONSOLAÇÃO FICA PERTO – Considerado um dos mais antigos cemitérios de São Paulo, o Consolação é famoso pelo imenso acervo artístico e pela quantidade de personalidades lá sepultadas. Ao visitá-lo, procure a administração e peça um mapa do local. Eles fornecerão um mapinha completo, com a localização de todas as personalidades sepultadas. Veja também o roteiro de arte tumular.

É ENDEREÇO DA ESCOLA DE SAMBA VAI-VAI – Considerado um dos maiores orgulhos da região do Bexiga, a Vai-Vai não só anima o carnaval como transforma os finais de semana do bairro. Localizada na rua São Vicente, a sede da escola oferece todos os finais de semana uma imperdível feijoada com pagode. Lugar e evento ideais para levar os amigos visitantes (principalmente “gringos”). Os ensaios da escola nas semanas que antecedem o carnaval são disputadíssimos, mas valem a pena. Um detalhe: se quiser experimentar a feijoada, ela é preparada aos sábados e custa em torno de R$ 25,00 (com couvert).

A NOITE NA BELA VISTA!! – É impossível falar da região da Bela Vista/Cerqueira César sem falar da sua noite. Ela não chega a ser uma das melhores de São Paulo, mas é única. Veja a lista de botecos, bares e restaurantes que tornam a vida noturna local interessante (detalhe: são quase todas casas tradicionais): Bar Estadão (Viaduto 9 de Julho, 193); Santo Bar do Coroinha (R. Rui Barbosa, 206); Café Piu-Piu (R. 13 de Maio, 134); Veríssimo (R. Frei Caneca, 80); Villagio Café (Pça Dom Orione); Bar Barão de Itararé (R. Peixoto Gomide, 155); Sambylove (R. Rui Barbosa, 42) e Villa Tavolla (R. 13 de Maio, 848). Se tivesse que falar de todas as casas importantes do bairro, eu teria que criar um novo post.

NA BELA VISTA ACONTECE DE TUDO - O que também torna a Bela Vista um dos melhores e mais valorizados bairros de São Paulo são os eventos que atraem milhões de pessoas todos os anos para a região: Corrida de São Silvestre, Réveillon na Paulista, Parada do Orgulho Gay e Virada Cultural (que ocorre mais para os lados da região central). Uma das atrações mais típicas do bairro é a festa de Nossa Senhora de Achiropita, que acontece sempre nas confluências das ruas 13 de Maio, São Vicente e Dr. Luiz Barreto, sempre no mês de Agosto.

ENFIM, A BELA VISTA FICA PERTO DE TUDO – Quem vive na região de Cerqueira César/Bela Vista sabe do que estou falando. Dá para ir para o Centro e avenida Paulista a pé. O bairro da Liberdade é outro imperdível e valoroso vizinho.

12 de fev de 2010

DICAS PARA QUEM... NÃO QUER PERDER O CARNAVAL EM SÃO PAULO!!


O Vem Ver Sampa fez um texto com dicas para quem quer ficar longe da folia paulistana em 2010. São dicas de passeios ecológicos, culturais e religiosos.
As dicas de hoje são para quem quer curtir a folia a qualquer custo, mesmo que não seja possível acompanhar os desfiles das escolas do grupo especial no sambódromo.
Algumas unidades do Sesc, por exemplo, estão oferecendo uma programação totalmente dedicada à folia. Clubes e casas noturnas também programaram eventos carnavalescos.
Com a ajuda dos jornais Folha de São Paulo e do Estado de São Paulo, além do portal G1, o VVS preparou um roteiro com o melhor do melhor do carnaval. Acompanhe abaixo – o destaque é para os carnavais à moda antiga:

CARNAVAL À MODA ANTIGA – Local: Avenida Club, avenida Pedroso de Moares, 1.036, Pinheiros, Tel. 3814-7383 – Animado pela banda Koisa Nossa, o carnaval do Avenida Club comemorará os 100 anos de Noel com muitas músicas antigas, especialmente marchinhas.

CARNAVAL DO ARNESTO – Local: Sesc Pompéia, rua Clélia, 93, Pompéia. Tel. 3871-7700 Festa em homenagem ao lendário Adoniram Barbosa. É diversão garantida com rodas de samba, cordões e blocos de rua. Lembrará os carnavais de rua.

MAIS CARNAVAL À MODA ANTIGA – Local: Sesc Consolação, rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, Tel. 3234-3000. Carnaval só com marchinhas. Ideal para quem cansou de samba e não quer mais ouvir falar de axé.

CARNAVAL DE CLUBE – Local: rua Juventus, 690, Moóca, Tel 2271-2000. O baile do Juventus é o típico baile de clube, com matinês para crianças e folias gerais para os adultos. Tocará todo tipo de música, de marchinhas a axé.

SINTA-SE EM PERNAMBUCO – Local: Praça da Bandeira, s/nº, Santana do Parnaíba. Sabe aquele carnaval com bonecos gigantes e muita gente desfilando nas ruas, bem típico de Olinda e Recife. Você poderá curtí-lo em Santana do Parnaíba. No sábado, haverá o desfile do Galo do Meio-dia a partir das 15h.

MAIS BONECÕES DE CARNAVAL – Local: Museu da Língua Portuguesa. No sábado (13/02), a partír das 14h00, uma banda promete agitar o entorno do Museu da Língua Portuguesa e do Parque da Luz com muita música e com os típicos bonecos gigantes de Pernambuco. Ideal para quem não quer se deslocar até Santana do Parnaíba.

BAILE DE MÁSCARAS – Local: Havana Club, Alameda Santos, 2.233, Jd. Paulista, Tel. 3069-2626. Recomendado para quem gosta de se dançar aos lados de pierrôs, zorros, piratas etc. Corra para as lojas de máscaras da Ladeira Porto Geral e encomende a sua fantasia.

CARNAVAL COM ROCK – Local: Studio SP, rua Augusta, 591, Consolação, Tel. 3129-7040. A dica é para quem quer curtir a folia com muita música… desde que seja rock. Na sexta-feira (12/02) haverá apresentações dos grupos Porcas Borboletas e Macaco Bong.

CARNAVAL É NO SAMBÓDROMO – Localizado junto ao Pavilhão e Palácio das Convenções do Anhembi, o sambódromo é a principal passarela do samba de São Paulo. Entre as noites de sexta-feira e sábado desfilarão cerca de oito escolas de samba do grupo especial, entre elas a Vai-Vai, a Mancha Verde, Pérola Negra, Imperador do Ipiranga etc. O problema é que os ingressos estão praticamente esgotados. Com um pouco de sorte dá para encontrar algum ingresso. A boa notícia é que ainda há entradas para o desfile do grupo de acesso, que ocorrerá domingo e segunda à noite. Nos quesitos fantasia e alegoria, elas só ficam abaixo das escolas do grupo especial. Mas, em se tratanto de animação, todas são iguais. Ir ao Anhembi no domingo é certeza de diversão.

10 de fev de 2010

DICAS PARA QUEM... ODEIA O CARNAVAL!!


Vamos ser francos: nem todo argentino gosta de tango, nem todo espanhol curte touradas e nem todo brasileiro aprecia o carnaval. Nada de generalizações. Muitos compatriotas querem é distância da festa momesca. Se pudesse, uma boa parcela se refugiaria na Conchinchina. Mas, para quem não tem como se esconder nessa longínqua região da Ásia, existe salvação.
O Vem Ver Sampa preparou para esse pessoal um roteiro de alternativas para fugir do carnaval. São, a bem dizer, opções para curtir o feriado sem se preocupar com o que se passa nos bailes e desfiles desse Brasil afora.
Acompanhe as alternativas:

PROCURE UM REFÚGIO ECOLÓGICO – São Paulo possui dezenas de parques e áreas verdes. Alguns são verdadeiros refúgios ecológicos, outros nem tanto. Os melhores refúgios são os parques estaduais, que oferecem ótimas trilhas e até um pouco de aventura. Os parques estaduais da Serra do Mar e da Serra da Cantareira possuem trilhas em áreas intocadas da Mata Atlântica. Embora, nem tão radical, a trilha do Parque do Jaraguá também é imperdível. Agora, se quiser radicalizar, procure a Área de Proteção Ambiental (APA) Capivari-Monos, no extremo sul de São Paulo – região de Marsilac. Além de conhecer o rio Capivari (o último rio limpo da cidade), você terá a chance de topar com animais selvagens e até com uma tribo indígena. Existe uma aldeia guarani na região. Mais informações em http://www.capivarimonos.org.br.

ESCONDA-SE NO SHOPPING – Os shopping Morumbi é uma ótima alternativa de passeio. Afinal, ele é bem mais do que um centro de compras. O Morumbi possui livrarias, cinemas, praça de alimentação (a melhor do país!) e uma excelente área de games chamada Hot Zone. Ideal para quem pensa em se distrair com a família. Outra vantagem do Morumbi em relação aos demais shoppings é que ele fica ao lado de outro grande shopping da cidade, o Market Place.

PERCA-SE NO CENTRO – Igrejas históricas, feiras de artes e artesanato, centros de compras e até áreas verdes. Em matéria de alternativas culturais, de compras e de lazer, a região entre a Liberdade e a Luz é excelente. Experimente o pastel de bacalhau do Mercado Municipal. Visite a loja de artigos indianos Katmandu na 25 de Março. Experimente uma rodada de sushis e sashimis na Liberdade. Aprecie arte na Praça da República. Assista a missa de domingo na igreja do Largo São Bento. Aprecie o acervo da Pinacota do Estado. Conheça o Museu da Língua Portuguesa. Pegue uma sombra no Parque da Luz. Perambule pela Galeria do Rock. E, por último, faça um lanche no shopping Light. A ordem é perder-se no Centro. Os melhores dias são o sábado e o domingo. Você até esquecerá que é carnaval.

VÁ VER A PAULISTA – Nada como um domingo na Paulista! Além do MASP, você pode visitar o shopping Pátio Paulista (que possui uma excelente loja da Apple), a Fnac (o setor de eletrônicos é imperdível), a Livraria Cultura (veja a livraria de artes), a feira de antiguidades do Masp, a feira de artesanato do Trianon (e o próprio Parque Trianon), os cinemas do Reserva Cultural, a feira alternativa do Center 3 (que ocorre aos domingos) e o novíssimo e agradável Parque Mário Covas.
Veja o post Avenida Paulista, Endereço das Artes.

REFUGIE-SE NOS PARQUES DE DIVERSÕES – O melhor parque de diversões é, sem sombra de dúvida, o Hopi Hari. O parque oferece tantas atrações que um dia não é suficiente para conhecer todas. O Hopi Hari também possui outro diferencial: o vizinho Wet’n’Wild. Mas, como muitas pessoas não gostariam de ir tão longe, existe uma alternativa chamada Playcenter. Localizado na região da Barra Funda, o Playcenter tem atrações, entre rodas-gigantes, montanhas-russas e barcos vikings. Os preços não são muito altos. O único problema é que muita gente terá a mesma idéia que você e o parque estará insuportavelmente cheio no carnaval.

FAÇA UM RETIRO ESPIRITUAL – A dica vale para quem gostaria de conhecer templos religiosos sem ter que cumprir obrigações religiosas. O templo budista Zu-Lai, por exemplo, é bonito e muito interessante. Sua arquitetura é puramente asiática. O templo tem área verde e oferece café e almoço vegetariano. Carnes são proibidas. Entre no site do templo e veja as regras. O endereço é http://www.templozulai.org.br/mapa.htm. O Zu-lai fica em Cotia, com acesso próximo à rodovia Raposo Tavares. Outra boa pedida é o Santuário Nacional de Aparecida. Além da basílica nova, os visitantes podem conhecer a igreja antiga, visitar o museu do santuário e ainda passear no Centro Histórico de Aparecida. A cidade tem mirantes e até um aquário. É um programa para toda a família. Veja as dicas nesse endereço: http://www.brasilviagem.com/pontur/?CodCid=146.

VÁ PARA BEM LONGE – Se quiser fugir mesmo do carnaval e ficar o mais distante possível da folia, a melhor pedida é ir para bem longe. A cidade de Campos do Jordão é uma boa alternativa. Monte Verde e Extrema, ambas no Sul de Minas, oferecem bons passeios ecológicos. Mas nada como o Parque Nacional do Itatiaia, na cidade de Itatiaia – Rio de Janeiro. As trilhas do Itatiaia são recomendadas para quem gosta de aventura e aprecia a natureza. Os ingressos custam cerca de R$ 10,00 e o acesso é pela rodovia Presidente Dutra. Veja mais informações aqui: http://www.icmbio.gov.br/parna_itatiaia/index.php

OPTE PELA CONCHICHINA